ETC

Jornal Electrónico do Agrupamento de Escolas de São Bernardo

Desfraldar bandeiras pelos Direitos Humanos

Desfraldar bandeiras pelos Direitos Humanos – a Civitas entregou símbolos e planificou acções no espaço da EB 2, 3 de S. bernardo

Realizou-se no dia 1 de Outubro e na Escola EB 2.3 de S. Bernardo a sessão de entrega das bandeiras da CIVITAS – Aveiro às Escolas pertencentes à rede deste projecto, que tem vindo a desenvolver a sua acção em torno da promoção dos direitos humanos e da maturação da cidadania dos cidadãos.
Numa cerimónia ao ar livre, que se pautou pela alegria e pelo comprometimento com a acção desenvolvida e a desenvolver em prol daqueles valores e em que estiveram presentes alunos e professores de vários graus de ensino, usaram da palavra a Sr.ª Presidente do Conselho Executivo da Escola, Dr.ªGloria Leite, como anfitriã e a Dr.ª Lurdes Ventura, na qualidade de Presidente da Direcção daquela Organização. As aludidas dirigentes saudaram as Escolas presentes, enalteceram e prospectivaram acções, co-construções planificativas e parcerias.
Receberam depois a respectiva bandeira as escolas seguintes:
– Jardim de Infância da Gafanha do Areão
– Jardim de Infância da Légua
– Jardim de Infância da Gafanha d´Aquém
– Jardim de Infância da Gafanha do Carmo
– Jardim de Infância da Encarnação Norte
– Colégio D. José I
– Colégio N.ª Sr.ª da Apresentação, Calvão
– Colégio de S. João Bosco, Mogofores
– Universidade de Aveiro
– Escola Básica do 1.º Ciclo do Areão
– Escola Básica do 1.º Ciclo da Presa, Légua
– Escola Básica João Afonso
– Escola Básica do Eixo
– Escola Básica do 1.º Ciclo de Oliveirinha
– Escola Profissional de Tondela
– Escola Secundária José Estâvão
– Escola Básica EB 2. 3 de S. Bernardo


A bandeira distribuída nasceu do resultado de um concurso aberto às crianças e aos jovens de todos os níveis etários e a frequentar qualquer grau de ensino, tendo aquele decorrido em Março deste ano. O trabalho vencedor, agora materializado nesta bandeira, é da autoria de Ernesto Miguel Fonseca da Cruz, de 17 anos, que frequentava o 10.º ano do Colégio N.ª Sr.ª da Apresentação. O prémio foi seleccionado de um universo de concorrentes que, empenhada e criativamente, fizeram chegar as suas propostas a uma comissão da Civitas – Aveiro, que elegeu a vencedora, porque esta é detentora de uma simbologia considerada de grande qualidade gráfica, simples e rica, com bons resultados visuais, produto da concepção do próprio autor, que assim a explica: “na simbologia do círculo existe a interpretação de símbolo de eternidade, de equilíbrio, de igualdade e de união”. E acrescenta: “As três figuras que se encontram na bandeira representam a humanidade e as suas três raças principais, apresentadas em azul, por esta ser uma cor neutra visível em torno de todos os cantos da terra debaixo do céu.” Por outro lado – diz ainda o autor – “quando a obra for virada ao contrário, as figuras podem ser interpretadas como as pontas de um tridente, incorporando o poder e direito encontrado nos Direitos Humanos”.
Pelas palavras de um aluno se sintetiza uma bandeira a desfraldar por todos aqueles que participam do Projecto da Civitas – Direitos Humanos em Acção, no crescimento porque trabalhamos.
No partilhar daqueles sentimentos e da co-construção de cidadão mais esclarecidos, mais conscientes e rumando a uma cidadania plena, a Civitas agradece à Escola de S. Bernardo e, em particular à sua Presidente do Conselho Executivo e à docente Dr.ª Cristina Melo este dia de festa e de trampolim para içar uma bandeira e poder realizar a reunião das Escolas envolvidas no Projecto, na qual foram apresentadas ainda as acções a desenvolver ainda no ano presente, em que se comemoram os 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e em que a participação da Civitas e das Escolas está fortemente empenhada, culminando no dia 10 de Dezembro e em programa a apresentar brevemente.

Teresa Soares – Universidade de Aveiro
Vice- Presidente da Civitas – Aveiro

1 Comentário»

  António Correia wrote @

Boa noite:
Muito me orgulha pertencer a uma comunidade educativa onde se privilegia o sentimento pelos Direitos Humanos.
Assim, continuem os alunos nesta caminhada pelo respeoto pelo próximo.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: